fbpx

programa anticandidíase

o segredo para interromper a repetição da doença, com técnicas de ginecologia natural e limpeza de memórias do útero/uterinas

Como é o autotratamento da  Candidíase?

O programa se divide em três tipos de reabilitações: emocional, sexual e física. Você descobrirá quais emoções e bloqueios sexuais reprimidos estão dando origem à doença. Também aprenderá técnicas de ginecologia natural, pompoarismo e cuidados íntimos para reabilitar, de forma complementar ao tratamento médico, as manifestações físicas da candidíase.

Por que tenho candidíase de repetição?

A candidíase aparece quando a mulher se sente descontente com alguma situação de sua vida (amor, trabalho, etc.), mas normalmente tenta se convencer do oposto. Por isso, o tratamento não deve focar apenas nos sintomas físicos, mas também nas feridas emocionais e sexuais guardadas no útero e canal vaginal.

Quem é Roberta Struzani?

Pioneira em Fisioterapia Uroginecológica e Pompoarismo no Brasil, já ajudou mais de 7 mil mulheres a reabilitarem problemas de saúde íntima e bloqueios sexuais. Tem mais de 10 anos de experiência, atuando na prevenção e no tratamento complementar de doenças ginecológicas, como a candidíase.

Por que autotratamento?  

Uma das forças mais poderosas que existem é a capacidade de mergulhar no nosso mundo, descobrir tudo sobre nós e reassumir o controle de nosso corpo e emoções. Aqui, te darei orientação, suporte e apoio para ajudá-la a trilhar um caminho que só você é capaz de conhecer profundamente: seu interior.

Vou conseguir me curar? 

É preciso ter constância ao fazer as técnicas e os exercícios propostos para mudar o organismo e quebrar o ciclo de sintomas da cândida. No entanto, o índice de mulheres que se autossabotam e abandonam a terapia é muito grande. Afinal, curar-se significa entrar em contato com algumas verdades incômodas e encarar suas feridas internas. Se não houver comprometimento consigo mesma, o tratamento não dará certo.

Principais dúvidas

Esta é uma terapia complementar, que deve ser usada em conjunto com a medicina tradicional, e não substituindo-a. Por isso, este programa não elimina, em nenhuma hipótese ou circunstância, a necessidade de um tratamento médico. Enquanto a medicina convencional leva em consideração os aspectos físicos da doença, o objetivo deste programa é abordar a candidíase sob o ponto de vista da metafísica, ou seja, considerando quais causas emocionais estão por trás de um problema físico.
É normal você duvidar se este trabalho funciona. Afinal, a Reconsagração do Ventre, assim como todas as técnicas alternativas de cura, foi sendo abafada e guardada em segredo ao longo dos anos. No entanto, depois de reabilitar mais de 6 mil mulheres, posso garantir que os resultados vêm para aquelas que se abrem à experiência. Era de se esperar que encontrar uma solução para nossos problemas desse muito alívio, afinal, ninguém quer sentir dor, ninguém quer se sentir deslocado ou desajustado do mundo. No entanto, a maioria das pessoas fica simplesmente apavorada quando o processo de cura se apresenta.
Esse trabalho traz um viés diferenciado, o qual muitas mulheres não estão acostumadas. Ele limpa as memórias que ficam alojadas no útero e canal vaginal, e é por isso que a cura tende a vir de forma rápida. Afinal, nossa vagina foi considerada um segundo cérebro feminino, de tantas conexões neurais que existem ali. Pode-se dizer que ela tem “vida própria”, pois é muito responsiva, possui muitas terminações e nervos, que têm conexão rápida e direta com o cérebro. E isso é diferente da maior parte dos outros órgãos do corpo, que primeiro se conectam à medula para só depois chegar ao cérebro. Portanto, ao trabalharmos

???????

Sintomas da candidíase?

(PENSAR EM COMO LISTAR TÓPICOS QUE A PESSOA SE IDENTIFIQUE)​

Ajuda a prevenir doenças íntimas, como candidíase, miomas, endometriose, ovários policísticos, etc.​

Ajuda a desapegar de um amor do passado e dissolve crises afetivas

Ajuda paralelamente no desbloqueio de disfunções sexuais, como dor no sexo, baixa libido ou anorgasmia

Trata causas emocionais de doenças ginecológicas, atuando como um complemento do trabalho médico

Aumenta capacidade de atrair pretendentes e manter relações saudáveis

Resolve conflitos internos relacionados ao sexo, como culpa, travas, vergonha, etc.

Limpa memórias celulares de traumas, como traições, aborto, abusos, términos de relacionamento, etc.

Interrompe problemas amorosos repetitivos, como traições ou medo de amar

Melhora a autoestima e desperta a intuição

Bônus Do programa anticandidíase

Ao decidir fazer parte desta vivência, você terá um acompanhamento terapêutico de perto e ainda aprenderá como potencializar os efeitos da Reconsagração na sua vida

Mini curso de vaporização do útero, banho de assento e cuidados íntimos

Você aprenderá técnicas milenares de autocuidado e autoamor, que prolongam e potencializam os efeitos do seu tratamento. Neste material você saberá como:

  • Avaliar seu PH vaginal
  • Dicas de mudanças de hábitos para melhorar saúde íntima
  • Propriedades de diversas ervas medicinais

Participação de 7 dias no grupo fechado de Whatsapp

Todas as alunas poderão tirar dúvidas num grupo fechado, com a participação da especialista Roberta Struzani. Benefícios de fazer parte deste grupo:
  • Acesso a conteúdos exclusivos
  • Esclarecer todas as dúvidas diretamente com a terapeuta, antes, durante ou depois da Reconsagração
  • Ter acompanhamento terapêutico de perto
  • Enriquecer sua experiência, por meio da troca com outras mulheres

Infelizmente as vagas para a próxima Reconsagração do Ventre estão esgotadas

Se você tiver interesse de participar da próxima vivência, deixe seu Nome e whatsapp abaixo.

DEPOIMENTOS DE QUEM JÁ FEZ A RECONSAGRAÇÃO

Moro na Irlanda e fiz a Reconsagração do Ventre com a Roberta, em uma das minhas idas ao Brasil. Meu maior problema era a solidão, pois depois do fim do meu casamento, eu estava há anos sem conhecer ninguém, nunca era desejada ou paquerada. Era como se eu tivesse me transformado na mulher invisível. Lembro que meu voo de volta estava marcado para horas depois de fazer a vivência. E ali mesmo, no aeroporto, conheci uma pessoa e engatamos um papo super gostoso e trocamos telefone. Para algumas pessoas isso pode parecer nada, mas para mim era uma conquista enorme, foi a primeira vez em muitos anos. Desde então, minha vida amorosa nunca mais foi a mesma. Me livrei dos bloqueios que possuía e já tive várias relações amorosas depois. Hoje estou solteira, mas sabe que estou feliz pra caramba? Aprender a gostar de mim foi o maior presente que eu ganhei com a Reconsagração.
Gizelle
Irlanda
Tenho 45 anos e nunca tinha tido um orgasmo na vida. Na realidade, odiava fazer sexo. Conclusão: 2 casamentos falidos na bagagem. Mas isso me angustiava, eu sabia que tinha alguma coisa de errado. Tentei de tudo para resolver o problema, nunca consegui. Foi quando uma amiga me indicou o trabalho da Roberta. A primeira vivência que ela fez comigo foi a Reconsagração. Pra mim, foi uma coisa muito profunda, tive várias visões de onde surgiram minhas travas, toda carga que estava acumulando em meu útero. O mais incrível é que eu senti meu útero se esvaziando enquanto fazia a Reconsagração. Saí de lá renovada, mas sabia que tinha muito trabalho pela frente. Pra minha total surpresa, enquanto ainda estava dirigindo de volta para casa, comecei a sentir uma sensação muito boa no meu corpo que foi aumentando... e tive meu primeiro orgasmo ali no trânsito. Até hoje não consigo explicar isso, porque foi algo muito louco. Desde então, me conectei com a mulher que mora em mim. Aconselho todas a fazerem.
selma
São Paulo - SP
Sofri um abuso sexual na infância e, por isso, não conseguia ser mulher, adotava uma postura muito masculina e era extremamente dura comigo e com as pessoas. Me achava incapaz, inferior, me enfiava em relações abusivas e carregava uma dor enorme em mim. Um dia decidi começar a mexer nessa ferida. Encontrei a Roberta na internet e decidi entregar minha dor na mão dela. E foi a melhor coisa que fiz na vida. Eu nunca tinha conseguido sair de casa de vestido, por exemplo, e hoje adoro me arrumar assim. A Roberta conseguiu captar toda minha vulnerabilidade, tratar e acolher ela. Foi a melhor experiência que tive na vida.
CINTIA
São Paulo - SP

Principais dúvidas sobre a Reconsagração

Quando você não faz nada para limpar as memórias celulares acumuladas em seu útero, essas feridas vão ficando mais fortes. Então, elas emanam sinais neurais para o cérebro, aumentando seus medos, bloqueios e dificuldades. Assim, seu corpo começa a tentar lhe despertar para que solucione o problema. E a forma como faz isso é por meio de doenças ou problemas emocionais e sexuais. Você começa a apresentar distúrbios como: menstruação desregulada, candidíase, incontinência urinária, bloqueios sexuais, baixa libido, dificuldade de chegar ao orgasmo, dificuldade para atrair um amor ou manter relações saudáveis, traições e, claro, os agravamentos do útero propriamente dito, como mioma, por exemplo – além de muitos outros problemas. 

As únicas mulheres que não podem fazer a Reconsagração são as gestantes. Como a Reconsagração tem como objetivo expulsar as memórias uterinas, muitas vezes o útero responde fisicamente ao trabalho, se contraindo para fazer esta limpeza. Quando a mulher está grávida, essas contrações podem fazer mal ao bebê. Já as mulheres que estão amamentando podem realizar a vivência. Quando a mulher limpa energeticamente seu útero, ela resolve possíveis padrões familiares negativos ali instalados. Como na amamentação mãe e bebê ainda estão muito conectados, a cura dos conflitos maternos reverbera positivamente na criança, fazendo com que haja uma “libertação” desses comportamentos ou situações negativas que antes eram transmitidos de geração em geração.

É normal você duvidar se este trabalho funciona. Afinal, a Reconsagração do Ventre, assim como todas as técnicas alternativas de cura, foi sendo abafada e guardada em segredo ao longo dos anos. Algumas de minhas pacientes, em um primeiro momento, duvidaram de sua eficácia e se sentiram incomodadas, desconfiadas um pouco travadas em se entregar à experiência. Não tem problema nenhum se você se sentir assim também. Aliás, quanto mais incomodada você se sentir, melhor. Pode parecer estranho falar assim, mas é isso mesmo. Afinal, o incômodo vem quando a gente encosta direto nas feridas que você carrega em seu interior. Isso é sinal de que estamos mexendo exatamente naquilo que precisa ser curado.

Depois de reabilitar mais de 6 mil mulheres, posso garantir que os resultados vêm para aquelas que se abrem à experiência. A ciência também já começou a dar algumas pistas do que nossos antepassados sempre souberam: que nosso corpo acumula memórias celulares. Um pesquisador que aborda seriamente esta questão é o neuroimunologista Paul Pearsall. Em 2002, ele fez um estudo abrangente sobre memória celular, divulgado pelo veículo científico Journal of Near-Death Studies. Este artigo engloba as 150 entrevistas elaboradas pelo cientista com pacientes transplantados que receberam o coração ou o pulmão de outra pessoa. O estudo concluiu que estes órgãos detêm células vivas com um incrível manancial de dados transmitidos pela memória destas estruturas.

A Reconsagração é um processo de limpeza e expurgo. O útero reage à Reconsagração e começa a se contrair para expulsar as memórias. O processo é tão forte, que até quem não está realizando a vivência, mas fica perto da mulher que está sendo reconsagrada, algumas vezes sente cólica – que é uma das sensações trazidas pela prática, por conta das contrações de expulsão do útero e vagina.  Além disso, a vagina já foi considerada um segundo cérebro feminino, pois possui muitas terminações nervosas que têm conexão rápida e direta com o cérebro. E isso é diferente da maior parte dos outros órgãos do corpo, que primeiro se conectam à medula para só depois chegarem ao cérebro.  Portanto, cada vez que trabalhamos terapeuticamente a vagina, áreas do nosso cérebro ligadas às emoções são simultaneamente ativadas. Assim, trabalhamos nosso bem-estar, que está diretamente ligado à saúde íntima e à criatividade.

Na teoria, nosso corpo não foi feito para perder nenhum órgão. O organismo não tem a capacidade de expulsar uma parte sua que não funciona mais. Claro que, com o avanço da medicina, é possível retirar cirurgicamente um órgão com problemas, para manter uma pessoa viva ou mais saudável. Mas o corpo não entende que aquela parte foi retirada. Neste caso, ele continua enviando as memórias celulares para a região do útero, que ficam concentradas no local onde este órgão estaria. Portanto, energeticamente falando, é como se a mulher ainda tivesse seu útero dentro de si. Além disso, vale lembrar que as memórias também ficam concentradas no canal vaginal e, portanto, devem ser reabilitadas.

A Reconsagração do Ventre não tem nenhuma ligação com religião, esoterismo, fé ou qualquer tipo de crença pessoal. É uma ferramenta terapêutica, que age de forma personalizada para sua história.  Apesar de muitas mulheres, depois de experimentarem a técnica, relatarem que mudaram sua vida amorosa e sexual para melhor, isso não é milagre e muito menos fórmula mágica. A transformação vem apenas para quem se entrega ao trabalho terapêutico e passa por cima dos medos, das resistências e de todas as mentiras que você conta para si mesma, como “não tenho tempo”, “isso é uma besteira” ou “nem adianta tentar”.

Você não precisa acreditar na Reconsagração para que ela funcione. A única coisa imprescindível é que não desista e faça o que é sugerido, mesmo se sentindo incomodada ou achando que é “tudo uma besteira”. 

 Os exercícios usados na Reconsagração são muito simples e qualquer mulher consegue fazê-los. Além disso, você será o tempo inteira guiada no processo. Funciona como se você estivesse numa sala de aula, com a diferença que você não precisa realmente entender a “matéria” para ter sucesso. A Reconsagração funciona mesmo quando a mulher se distrai durante a prática. Afinal, seu inconsciente já estará ativo para que a transformação aconteça. Em muitos casos, a Reconsagração reverbera nos dias seguintes ao da prática. Algumas relatam que têm sonhos reveladores à noite, ou intuições que as ajudam a rever seu problema sob uma nova ótica. 

Muitas pacientes começam a sentir a mudança acontecer alguns dias antes de fazerem a Reconsagração. Elas notam que seu corpo e vida vão se sincronizando em prol da experiência. Outras têm suas vidas mudadas logo após a vivência, enquanto para algumas demora um pouco mais. Cada uma tem seu tempo, mas os resultados aparecem para todas.

Infelizmente as vagas para a próxima Reconsagração do Ventre estão esgotadas

Se você tiver interesse de participar da próxima vivência, deixe seu Nome e whatsapp abaixo.